terça-feira, dezembro 27, 2011

Autoajuda: o que você pensa sobre isso?

            Imagem: aprendizdeespirita.blogspot.com

Ano Novo vida nova, tempo de mudanças e de renovar as expectativas de um ano vindouro cheio de realizações e conquistas. O otimismo e o pensamento positivo provavelmente devem ajudar nessa hora.
A autoajuda é um tema que ainda demanda bastante reflexão e pesquisa, e que divide opiniões das diversas áreas do conhecimento. Na primeira segundona do ano, 02, o Sobre Todas As Coisas reprisa o programa que discute sobre o tema.
Bastante criticada por intelectuais, a literatura de autoajuda é apreciada por  milhões de pessoas, que consomem os livros deste segmento. Só para se ter uma ideia da dimensão, esse mercado  cresceu 700% nos últimos oito anos. Os autores ligados a essa área movimentam quantias infinitas de dinheiro em todo o mundo. Escritores como Roberto Shinyashiki, Deekpak Chopra e Augusto Cury arrebanham uma verdadeira ‘legião’ de leitores no Brasil e no exterior, que estão em busca do autoconhecimento, para tentar resolver seus problemas existenciais e  do mundo a sua volta.
O que cria essa demanda por livros de autoajuda? Será que as  respostas que as pessoas precisam  não estão no seu  cotidiano, na  sua própria  família ou no seu  local de trabalho? Porque elas necessitam de fórmulas prontas para acreditar que o sucesso e a felicidade são possíveis? Como a física e a filosofia explicam a autoajuda e o positivismo na vida das pessoas? E a  psicologia, o que tem a dizer sobre o assunto?

Um comentário:

Postar um comentário